Tudo o que você precisa saber para ser um consultor de sucesso

Banner - Cursos Gratuito

Neste post vamos explorar um pouco mais sobre as tendências mundiais do emprego que já são realidade na América do Norte, Europa e Ásia e já chegaram aqui no Brasil.

Além disso vou apresentar os principais segredos do sucesso para quem quer ter uma carreira de sucesso.

Como ganhar dinheiro e ao mesmo tempo não sofrer com todas as “mazelas” que uma vida corporativa lhe traz, que drena as nossas energias, tempo e estímulo para produzir aquilo pelo qual somos contratados pelas empresas.

 

Você sabe quais as tendências mundiais do emprego?

É muito importante que você saiba disso.

Afinal, isso vai chegar no Brasil, na verdade já chegou.

Acredito fortemente que a opção por uma carreira de Consultoria Empresarial seja um business promissor.

Vou elencar abaixo várias razões que fundamentam o meu ponto de vista:

Tudo o que você precisa saber para ser um consultor de sucesso

 

#1 O formato de trabalho

 

O formato de trabalho atual está fora de contexto, ultrapassado, com uma legislação que foi criada em meados de 1940 e sofreu pouca e em algumas esferas nenhuma modificação em 70 anos.

Isso é no mínimo incongruente.

Uma vez que centenas de novas empresas, novos modelos e formatos de negócio foram criados, desenvolvidos, ajustados…

Alguma coisa precisa acontecer em breve…

 

#2 Empresas criam soluções

 

As empresas estão criando, por conta própria, maneiras de manter seu quadro de colaboradores na empresa a troco de bastante risco.

Afinal, infelizmente encontram-se incapazes de manter o seu negócio funcionando e ainda absorver a elevada carga tributária trabalhista.

Talvez um dia essa situação torne-se insustentável e crie-se um novo nome para o regime de remuneração PJ, FLEX, Híbrido…

Justamente por isso é importante em pensar como você vai fazer a sua transição.

 

#3 As empresas demitem, não tem alternativa…

 

Por questões financeiras ou estratégicas as empresas demitem.

Elas disponibilizam profissionais extremamente capacitados para o mercado e eventualmente, em um futuro próximo trazem o conhecimento de volta a empresa, em um outro formato.

Pelo efeito contábil imediato em sua última linha elas optaram pelo desligamento, mas a demanda daquela competência continua a existir.

Esse é o momento do profissional retornar ao mercado de trabalho, só que agora em um novo modelo de contratação, como um consultor – com uma nova postura, uma nova proposta de trabalho e possivelmente com um maior valor agregado!

Veja neste artigo por que as empresas estão demitindo os funcionários cada vez mais rápido.

 

#4 Mudança nos desejos e anseios das pessoas e empresas

 

As novas gerações, e por isso entende-se estilo de vida e motivações, não tem um bom “fit” com o modelo de contratação atual.

Muito comum que eles se questionem sobre ter um emprego fixo ou abrir o seu próprio negócio.

Assim como novos formatos de trabalho geram novas tendências.

As novas tendências geram novos formatos de trabalho.

Vender o tempo da maneira que acontece hoje inibe a liberdade, a autonomia e a independência tão valorizada pelas novas gerações.

Eles adoram trabalhar com o formato de projetos, onde o começo, o meio e o fim estão bem delineados.

Eles enxergam o propósito e o objetivo de cada uma das etapas.

Isso para eles faz sentido, isso é engajador!

 

#5 Empresas reconhecem que precisam de ajuda

 

As empresas, com mais ou menos frequência, buscam ajuda de consultorias ou consultores independentes para suplementar as áreas, tais como:

  • a mão de obra;
  • auxílio em um trabalho pontual;
  • conhecimento específico de alguma área (lembre-se que a empresa em alguma momento do item 3 ela mandou esse conhecimento embora);
  • oxigenação;
  • aporte de metodologia;
  • outras tantas demandas.

Muitas vezes essa ajuda não requer uma pessoa em tempo integral e com dedicação permanente.

Ou seja um “colaborador tradicional” que tem contrato de trabalho com término indefinido.

 

#6 Um terreno fértil

 

Empresas de pequeno e médio porte configuram-se como um terreno fértil de prospecção para os consultores independentes.

A demanda pela profissionalização da gestão se tornou iminente e fator crítico para o seu sucesso e perenidade.

Eles precisam e respeitam esse aporte de conhecimento, valorizam muito a sua contribuição.

Uma vez adquirida a confiança te enxergam como um grande parceiro de negócios.

Aqui é que a sua habilidade para ser um consultor que vai ser o seu diferencial.

 

#7 A abrangência da oportunidade

 

Você pode ser tornar desde um consultor de investimentos corporativos até um consultor de estilo.

Desde que você aporte um conhecimento ou habilidade específico que o torne atrativo.

E começar pode ser mais fácil do que você imagina.

 

#8 O que acontece nos EUA e no mundo? Já chegou no Brasil também!

 

Hoje nos EUA, 34% da população ativa enquadra-se no formato de freelancers, que entende-se como sendo profissionais temporários e consultores independentes.

Existe uma projeção de um aumento significativo do contingente desses profissionais e pela simples questão da Lei da gravidade.

Tudo que acontece lá em cima inevitavelmente chega aqui em baixo.

Olhando para essa mesma questão por outra perspectiva, surgem três questões importantes que inevitavelmente aparecem quando falo do Clube da Consultoria ou da minha empresa com conhecidos.

Quando comento que desde que deixei o mundo corporativo, “desaprendi” o que era lidar com “politicagem”, “briga pelo poder”, “tentar me proteger de outros que querem passar a perna em mim para subir na corporação” e milhares de outras situações que, via de regra, são lugar comum no mundo corporativo.

Voltando às três questões que normalmente discuto com conhecidos e amigos, normalmente essas (abaixo) são as primeiras perguntas que passam pela cabeça na primeira vez.

Ou até mesmo quando estou conversando com alguém que acabou de perder o emprego, se aposentou ou até mesmo “foi aposentado”.

 

Você quer se tornar consultor de sucesso?

 

Você quer se tornar consultor de sucesso?

 

Você já pensou em ser um consultor?

Qual a melhor área para montar minha consultoria?

Engraçado que normalmente as pessoas nunca pensaram nesta possibilidade numa primeira análise.

A maioria dos consultores que eu conheço, quando indagados, me respondem que no início não tinham essa profissão como a sua meta principal.

Eu mesmo nunca tinha pensado em ser consultor até me tornar um.

Como já comentei no meu post no qual conto a minha história, eu virei consultor por acaso, não era um plano meu.

 

Todos temos medos e incertezas

 

Todos temos medos e incertezas

 

Afinal via de regra nós seres humanos temos as nossas inseguranças e ser consultor traz uma áurea de um super-profissional.

Aquele que tem respostas para tudo, super-seguro, super-tudo, quase um super-herói.

Principalmente aquelas pessoas que vem do mercado “tradicional” de trabalho, “haja o que houver”, as inseguranças são gigantescas, mas isso é tema para outro post…

Vou contar um segredo para vocês:

Os consultores não são super-heróis, nem super-tudo, tem medos incertezas, inseguranças e muitas dúvidas, tantas quanto qualquer outra pessoa.

Por outro lado, sim, o consultor,  tem uma especialidade na qual tem grande domínio.

Ainda que nesta especialidade ele também tenha as suas dúvidas.

Como também já disse anteriormente, nós consultores, temos que estar pelo menos um passo à frente dos nossos clientes.

O desafio é estar sempre pelo menos um passo à frente!

Esse é o segredo para o sucesso perene!

Outro segredo importante é tentar desenvolver uma rede de relacionamento com outros consultores independentes onde possamos trocar ideias, dúvidas e continuarmos a nos desenvolver.

Se conseguirmos desenvolver uma rede com consultores que tem competências complementares às nossas, melhor ainda!

O Clube da Consultoria também foi criado para tentar desenvolver essa rede, afinal queremos ser um aglutinador de pessoas que militam neste mercado e possam utilizar o Clube como “ponto de encontro” entre esses profissionais.

Por isso que a terceira pergunta é tão importante (qual a melhor área para montar minha consultoria?).

A resposta dela é que vai nos direcionar para o melhor caminho.

Afinal a melhor área para você montar a sua consultoria tem de ser uma área que você ame, que faça seus olhos brilharem, na qual continuar a aprender e se desenvolver não seja um sacrifício.

Uma área que você possa, se preciso for, dedicar dias e noites ao assunto sem sofrer.

 

Você está pronto para trabalhar muito mais do que a média?

 

Você está pronto para trabalhar muito mais do que a média?

 

Afinal, contrariamente ao que todos pensam, os consultores trabalham muito mais que funcionários de empresas.

Eu, por exemplo, costumo dizer que estou trabalhando o tempo todo, até quando estou indo ao cinema, jantar fora ou de férias.

Minha cabeça não para de fazer contas mentais para ver se aquele negócio para em pé financeiramente, aonde estão as oportunidades de melhorias, quais as falhas na gestão, marketing, estratégia, RH, etc que eu encontro nos negócios e empresas.

Isso acontece o tempo todo, mesmo quando estou em divertindo.

Na verdade, uma das vantagens de fazer o que você ama é que você nunca mais vai ter que trabalhar.

Basta se divertir com o que você ama, esse é o segredo para não ter síndrome do domingo á noite ou qualquer outra similar.

Voltando as três perguntas, se você pensa em se tornar consultor eu gostaria de lhe dar os parabéns.

Pois necessariamente é uma opção de entrega pessoal em tempo integral, não o tempo integral das 9hs à 18hs de uma empresa, mas sim, de tempo integral como ser pai ou mãe.

Portanto se você realmente não amar o seu assunto escolhido para sua consultoria eu sinto muito.

Pois assim, você provavelmente vai fracassar na empreitada de ter a sua consultoria empresarial.

Dica 3

 

Dica 3

 

  • 1# Encontre o tema que você mais ama na sua vida, muito provavelmente esse é o tema ideal para você se tornar consultor. Viva dele e nunca mais vai “precisar trabalhar” apenas se “divertir” com aquilo que você ama fazer.
  • 2# Prepare-se para estar sempre à frente dos seus clientes pelo menos um passo, isso significa que você para ser um bom consultor, necessariamente, tem de gostar de aprender, estudar e continuamente se desenvolver.
  • 3# Esteja ciente que, muito provavelmente, você vai trabalhar muito mais do que quando você era funcionário, mas certamente vai trabalhar muito feliz também.

Outras contribuições?

Dividam comigo, vamos ampliar esse arsenal e fazer com que cada vez mais os profissionais sintam-se confortáveis e confiantes diante dessa escolha.

Gostou do nosso post?

Comente aqui, compartilhe com os amigos e siga-nos em nossos canais.

Abraços e até a próxima

Leia o primeiro artigo da série sobre Como Reagir ao Desemprego, clique no botão abaixo.

Artigo -> Preciso de um emprego, mas o mercado não me quer mais, o que fazer?

 

Posts Relacionados

2 comentários de “Tudo o que você precisa saber para ser um consultor de sucesso

Sou Técnico em Zootecnia e graduando em Tecnologia em Agronegócios. Vou fazer minha pós em Nutrição Animal, que é a área que tenho um forte interesse pelo assunto. Quero dar consultoria em nutrição animal desde já, para os criadores e para a indústria de ração também. Por onde você acha que devo começar? Quais passos posso seguir para garantir o sucesso nessa empreitada. Parabéns pelo conteúdo.

Deixe uma resposta