Preciso de um emprego, mas o mercado não me quer mais, o que fazer?

Banner - Cursos Gratuito

Um dos maiores dramas que vemos as pessoas passarem nos dias de hoje é a angústia de querer trabalhar, mas não conseguir.

Essa angústia muitas vezes vem junto com a sensação de derrota ao perdermos o emprego.

Conhecemos bem essa sensação, pois já tivemos o desprazer de ser demitido das empresas em que trabalhamos.

 

É uma sensação horrorosa, sentimo-nos derrotados, incompetentes, verdadeiros perdedores.

Por mais que conscientemente saibamos que isso não é verdade, é assim que nos sentimos.

Aí vem o primeiro drama, o pensamento: “perdi o emprego e agora?”, afinal eu preciso de um emprego, mas será que vou conseguir?

Será que o mercado acha que eu estou “velho demais” para trabalhar?

Ou o mercado “acha” que não tenho mais a mesma energia que os jovens tem e que eu custo mais caro que um jovem?

 

Não consigo um emprego, o que fazer neste momento?

 

Preciso de um Emprego - Não consigo um emprego, o que fazer neste momento?

Tenho conversado muito com amigos e conhecidos que estão vivendo exatamente essa situação de precisar de um emprego e estarem enfrentando dificuldades tremendas para conseguir.

Muitas pessoas estão há mais de 18, 24 meses ou até logos três anos sem conseguirem um emprego.

A verdade é que, se o mercado não me quer mais e eu preciso e quero trabalhar, o que fazer então?

Até porque, mesmo que eles te procurem, o mercado de trabalho está dispensando as pessoas cada vez mais rápido.

A cada dia que passa, as empresas e as pessoas estão percebendo que existem outras alternativas de se manter ativo, trabalhando e ganhando dinheiro, sem ter que abrir um negócio.

Afinal muitas pessoas não têm dinheiro ou não querem arriscar suas economias em um negócio que pode ou não dar certo.

As empresas, especialmente as de pequeno e médio porte, tem necessidades e problemas muito específicos que precisam ser superados.

E muitas vezes não querem e nem podem contratar um profissional para resolve-los.

Seja porque a necessidade é tão específica, ou fora do que a empresa sabe fazer, que não justifica ter um funcionário dedicado para tal.

 

Neste momento é que surgem as oportunidades.

 

Preciso de um Emprego

 

Muitos profissionais que deixaram o mercado de trabalho acumularam muito conhecimento e experiência, podendo leva-los para outras empresas.

Mas, não como funcionários.

E sim, como consultoria empresarial que poderiam entrar na empresa e fazer um projeto com começo, meio e fim.

Levando a sua experiência, conhecimento e habilidades para que estas empresas superem as suas dificuldades.

É exatamente isso mesmo o que você está pensando ao ler esse post.

Talvez ou até muito provavelmente tem uma série de empresas que necessitam exatamente o que você já sabe e é bom.

Traduzindo, para o bom e velho português, tem empresas que precisam e querem contratar um consultor para ajudá-las a resolver problemas específicos e você é uma das pessoas que poderiam ajudá-las.

 

Você pode resolver o seu problema e o das empresas também.

 

Você pode resolver o seu problema e o das empresas também.

 

A verdade é que poucas pessoas hoje em dia pensou em se tornar um consultor independente.

Nem aqueles consultores que  estão ligados a grandes empresas tradicionais de consultoria.

maioria das pessoas viraram consultores por força das circunstâncias, uma oportunidade que surgiu, um pedido de um amigo para ajudar na sua empresa, um convite de um conhecido, etc.

O fato é que muito provavelmente você poderá ganhar dinheiro, sentir que está contribuindo com as empresas e as pessoas como um consultor independente.

Inclusive, eu comecei assim.

Ser consultor independente tem grandes vantagens, por exemplo:

  • Você pode ter um grau de liberdade muito superior a um funcionário tradicional, afinal você pode fazer seus horários e definir sua rotina de trabalho.
  • Você, muito provavelmente, não terá que lidar com burocracias e jogos de poder, cada vez mais comuns nas empresas nos dias de hoje.
  • Você é livre para seguir os caminhos da sua carreira.

Ou seja, pode ser que a sua afirmação inicial de “eu preciso de um emprego” não seja tão verdadeira.

Na verdade o que você precisa é trabalhar, ganhar dinheiro, sentir-se útil.

O emprego é apenas uma das possibilidades, ser um consultor é outra.

Agora se o mercado não quer te dar um emprego, então ser um consultor é a alternativa mais viável neste caso.

Até porque, explicamos aqui muitos motivos para você entender porque isso está acontecendo e como é possível ser um consultor.

 

Por onde você deve começar?

 

Por onde você deve começar?

 

Agora você deve estar se perguntando, “Ok, ser consultor, mas como? Por onde começar? Qual área posso dar consultoria? O que tem que ser feito? Eu nunca pensei nisso, não tenho a menor ideia de como ser um consultor. Afinal o que é ser um consultor?”

E, principalmente, quais habilidades eu preciso ter para ser um consultor?

Essas e uma dezena de outras perguntas são normais e quase todas as pessoas com quem falamos sobre esse assunto tem praticamente as mesmas dúvidas.

Foi justamente por isso que nós criamos o Clube da Consultoria, afinal nós somos consultores independentes há vários anos e passamos quase tudo que se pode imaginar.

Erramos muito, quase não superamos algumas das dificuldades “mais comuns” que um “marinheiro de primeira viagem” enfrenta.

Mas, conseguimos!

Nós estamos aqui justamente para ajudar as pessoas que pensam em se tornar consultores a desenvolver uma abordagem de mercado.

Compartilhando nossas experiências, erros e acertos, poderemos aumentar as chances de sucesso de vocês.

A forma que encontramos para ajudar as pessoas é compartilhando nossas experiências e dividindo com vocês uma metodologia que desenvolvemos e que tem funcionado ao logo desses mais de dez anos que estamos vivendo com nossa empresa de consultoria independente.

Gostou do nosso post?

Comente aqui, compartilhe com os amigos e siga-nos em nossos canais.

Abraços e até a próxima

Leia o segundo artigo da série sobre Como Reagir ao Desemprego, clique no botão abaixo.

Artigo -> ESTOU DESEMPREGADO, O QUE POSSO FAZER PARA TER UMA RENDA?

 

Posts Relacionados

1 comentário de “Preciso de um emprego, mas o mercado não me quer mais, o que fazer?

Deixe uma resposta