Como que ficará o mercado para consultores?

  • Como que ficará o mercado para consultores?

    omo falamos no tópico anterior, sabemos que é difícil conformar-se de que em 2 ou 3 meses as empresas voltem a operar no mesmo formato, com o mesmo número de pessoas, sem ter feito ajustes nos seus processos.

    Voltaremos sim ao “normal”, porém será um “novo normal”.

    O normal a que nos referimos será talvez a nossa liberdade de ir e vir – um dos benefícios de ser um consultor independente – mas todo o resto terá uma outra configuração.

    Portanto, neste novo contexto muitas empresas e pessoas terão que quebrar alguns paradigmas.

    Dentre esses paradigmas talvez o de que um profissional independente pode endereçar problemas e contribuir muito satisfatoriamente com soluções para demandas pontuais.

    Inclusive, você pode fazer tudo isso de uma forma que você goste e seja feliz.

    Em meio a isso tudo, colocando todos esses pontos dentro de uma mesma cesta, enxergamos que o aporte de conhecimento e mão de obra do consultor independente será muito bem vindo e potencializará de forma rápida a sua entrada e atuação nesse novo cenário.

    Se antes resistíamos a fazer mudanças muito bruscas, hoje talvez isso se torne uma necessidade.

    E você pode começar a fazer isso evitando muitos erros iniciais.

    E corrigindo para algo que faça mais sentido nesse contexto – mudança não, mas sim, evolução.

    E você, tem alguma outra contribuição? Ou discorda de nós?

    Divida com a gente, vamos ampliar esse arsenal e fazer com que cada vez mais os profissionais sintam-se confortáveis e confiantes diante dessa escolha.

    Lembrando que o Clube da Consultaria foi criado justamente para ajudar aquelas pessoas que querem se tornarem consultores empresariais, compartilhando experiências, aprendizados, erros, acertos, ferramentas e muito mais.


0 comentário

Deixe uma resposta